• Publicado em

    18 de janeiro: dia do esteticista

    Conheça mais sobre o profissional que se especializa em cuidar do próximo

    Instituído a partir do ano de 2012, quando a profissão foi reconhecida por lei federal (Lei 12.592/12), o dia do esteticista é comemorado em 18 de janeiro.

    A data é um marco da valorização e relevância dos profissionais envolvidos com a área da saúde, incluindo, também, os cosmetólogos e os habilitados em estéticas através dos cursos técnicos.

    Apesar da sua atuação ser pautada em aspectos físicos e visuais, o esteticista também cuida da saúde, bem-estar e autoestima dos seus clientes. Em parceria com uma equipe de múltiplos profissionais, através do cuidado humanizado, também trabalha os aspectos emocionais de cada ser que passa por suas mãos.

    É exatamente como Maria José, 45, define sua atividade profissional. Atuante no ramo há 15 anos, quando a atividade ainda não possuía reconhecimento por lei, a esteticista fala com orgulho sobre o início da carreira.

    “Desde sempre gostei de trabalhar com a autoestima das pessoas, principalmente das mulheres. Na adolescência eu já ganhava uma renda como manicure e pedicure e, aos poucos, fui buscando mais especializações. Depois, já adulta, trabalhei em salões de beleza, como funcionária e nunca desisti da qualificação constante”, conta

    Em permanente processo de aprendizado, Maria conquistou, recentemente, o maior objetivo da sua vida, assim como ela mesma descreve.

    “Eu já era muito feliz em trabalhar de forma autônoma e também com algumas parcerias em salões. Mas depois que fiz minha graduação em estética, meu sonho era abrir minha clínica e agora consegui. É muito gratificante ver o seu trabalho reconhecido, com lei regulamentando. Feliz porque agora sou uma empresária no ramo da beleza”, conta emocionada.

    No Brasil, parte significativa dos empregadores de esteticistas se concentra em clínicas, salões de beleza, SPA’s, centros estéticos, academias, empresas representantes de cosméticos e universidades, nesse caso, para lecionar as disciplinas práticas dos cursos.

    Deseja ser um esteticista? Saiba como fazer!

    Atualmente, quem deseja se tornar um profissional apto nesse campo de atuação precisa realizar um curso de graduação ou técnico, com duração média de três anos. Além disso, é possível também avançar nos estudos com pós-graduação.

    A especialização em estética possibiliza um aprofundamento das técnicas abordadas durante a graduação, o desenvolvimento de pesquisa e conhecimento de enfermidades relacionadas aos procedimentos aplicados.

    Tanto o curso quanto a pós-graduação estão entre as ofertas de bolsas de estudo disponíveis no site do Educa Mais Brasil, maior programa de fomento à educação do país. Basta acessar a página e fazer o cadastro.

    Fonte: Juliete Neves – Agência Educa Mais Brasil

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.