• Publicado em

    Acidente por falta de sinalização deixa uma pessoa morta, em Goiás

    Mato alto também dificultou visão de motorista que provocou colisão. Superintendência de Trânsito de Aparecida alegou "imprudência por parte do condutor"

    Por volta das 10h da manhã desta quinta-feira (29), um acidente envolvendo dois carros resultou em uma morte e uma pessoa ferida. O local do acidente, Avenida Dona Nequita no Jardim Ipiranga, Aparecida de Goiânia, está com a sinalização apagada e com mato alto. Com informações do mais Goiás

    A Polícia Civil, esclareceu que um dos motoristas, que dirigia uma Strada, seguia pela Rua Guarujá e não teria visto a sinalização de ‘pare’. O mato alto do lado esquerdo da rua contribuiu para o acidente, dificultando a visão do condutor. Ele bateu em um Kadett, e tamanha a violência da colisão, por pouco o muro de uma casa não foi atingido.

    Leia também: Ônibus cai de ribanceira e fere 19 em Minas Gerais

    Um dos veículos ficou capotado na rua.

    O passageiro do Kadett, Nilson Antônio Calixto, 43 anos, ficou preso às ferragens, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O motorista do veículo, Josias Viana Silva, 42 anos, foi socorrido e encaminhado pelo Samu para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa).

    De acordo com o Samu de Aparecida de Goiânia, o motorista da Strada, Thiago Freitas, “sofreu apenas escoriações leves e foi atendido no local. Ele permaneceu no local e tentou prestar socorro às vítimas”.

    Em contato com a Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte de Aparecida de Goiânia (SMTA), o Secretário Interino de Mobilidade e Defesa Social, Luziano da Costa Vale, alegou que a causa do acidente foi a “imprudência por parte do condutor”. Entretanto, sublinhou que a sinalização no local será feita.

    “A sinalização do Jardim Ipiranga está programada para ser feita no início do ano que vem. Mas, devido ao acidente no local, vamos sinalizar aquele perímetro na próxima semana para que acidentes não voltem a acontecer”, expôs o secretário.

    De acordo com a Huapa, Josias Viana da Silva, “foi atendido pela equipe multidisciplinar do hospital, avaliado pela equipe de ortopedia e passou por exames de imagens, que apontaram não haver anormalidades. O paciente recebeu alta às 15h45min de hoje”.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.