• Publicado em

    Adolescente usa celular para provar que irmã era estuprada por tio

    No entanto, mesmo com as imagens, o adolescente não conseguiu o apoio da família para denunciar. Um parente ainda apagou a filmagem do celular.

    Um homem de 35 anos foi preso suspeito de estuprar a sobrinha de 10 anos. O caso ocorreu em Juiz de Fora, em Minas Gerais, e, segundo a Polícia Civil, o desfecho só foi possível a partir da mobilização do irmão da vítima, de 15 anos, que reuniu provas.

    O adolescente desconfiou que a irmã estava sendo abusada pelo tio deles. Ao conversar com ela, a menina relatou que os estupros ocorriam quando o irmão e a mãe dela estavam fora de casa. Os demais parentes, no entanto, não acreditaram no jovem e pediram para que ele provasse o abuso.

    Por isso, o adolescente se escondeu em uma cômoda e usou o celular para filmar um dos estupros. No entanto, mesmo com as imagens, o adolescente não conseguiu o apoio da família para denunciar. Um parente ainda apagou a filmagem do celular — mas, mesmo assim, o jovem levou o aparelho à delegacia, onde técnicos de informática conseguiram recuperar o vídeo.

    Além da prisão preventiva do acusado, o comportamento da pessoa que apagou o vídeo, que não teve o grau de parentesco revelado à imprensa, também será apurado no inquérito.

    
    
    
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.