• Publicado em

    Advogado baleado no final do mês teve casa incendiada nesta madrugada em Caçu – Go

    Parte da estrutura da casa ficou comprometida e dois veículos ficaram completamente destruídos.

    O Advogado Lázaro Divino Borges, o popular “Lazão”, 42 anos, morador na cidade de Caçu, no Sudoeste Goiano, que sofreu uma tentativa de homicídio no último dia 26, teve a casa incendiada na madrugada desta quinta-feira, 10. No local não havia ninguém e, apesar do susto, a família sofreu apenas com danos materiais.

    IMG-20150910-WA0204Ferido a tiros, Lázaro Divino saiu da cidade para realizar tratamento médico e, de acordo com populares, há uns 04 dias, ninguém era visto na residência. Nesta madrugada, vizinhos escutaram um forte barulho por volta de 02h00 e, ao averiguarem, perceberam que a casa estava em chamas e dois veículos que estavam na garagem, sendo um Hyundai Santa Cruz e um Ford Edge, ficaram completamente destruídos.

    A Residência teve parte da estrutura abalada devido às fortes chamas. O Cabo Adalto, estava de plantão no Destacamento da Polícia Militar, momento em que foi solicitado por Edival Gonçalves da Silva, o qual relatou que acordou com gritos de sua filha dizendo que a casa ao lado estava pegando fogo, e que a fumaça havia entrado para o interior da casa, causando princípio de asfixia em seus filhos e netos.

     De imediato o Militar se deslocou ao local indicado e se deparou com Edival tentando apagar o fogo, uma vez que ele é vizinho da casa da vítima, momento em que visualizaram os dois veículos, já em chama. Neste instante, o Caminhão pipa da Prefeitura foi acionado para ajudar a combater o incêndio, sendo que horas depois, o fogo foi controlado.

    IMG-20150910-WA0200Além dos veículos, a garagem da casa e parte da sala ficaram destruídos.  Foi preciso quebrar o muro da casa para retirar um veículo, pois o fogo começou a se alastrar para o interior da casa.

    Cabo Adalto relatou que o fogo, provavelmente,  iniciou-se pelos veículos e, que no local, não havia nenhum vestígio que pudesse determinar a causa do incêndio. Vários outros Militares participaram da ação para conter o fogo, sendo eles:  Tenente Marcelo, Cabo Jardan, Cabo Edival, Cabo Mendes, Sargento Alessandro, Sargento Amador, Cabo Adalton e Cabo Santana.

    Por telefone, falamos com o Cabo Santana, um dos voluntários que ajudou a conter as chamas. Ele relatou que acordou escutando barulhos como se fosse tiros (entenda-se por pipocos) e ao buscar saber o que era, deparou-se com a forte cena. Mobilizados, moradores da região chegaram a quebrar o muro para que o caminhão pudesse se aproximar.

    Após conter o fogo, populares relataram o ocorrido à família do Advogado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

    IMG-20150910-WA0029

    Lázaro Divino Borges

    Neste ano de 2015, este já o terceiro fato que envolve o nome de Lázaro Divino Borges. O primeiro ocorreu na tarde do dia 03 de Março, onde Lazão teria perdido o controle da direção de seu veículo, ao entrar na cidade, e se chocado na cabeceira de uma ponte. De acordo com as informações apuradas, a vítima teria sofrido trauma de tórax, foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital Municipal, onde recebeu os primeiros socorros. Posteriormente, o advogado foi transportado por uma Equipe da DEME ao Hospital Santa Terezinha, em Rio Verde.

    Outro fato grave ocorrido foi uma tentativa de homicídio praticada contra Lazão. Fato este, ocorrido no final do mês de Agosto. O mesmo teria sido baleado no interior de seu Escritório, sendo que um dos projéteis teria ficado alojado. Lázaro foi socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal de Caçu e, posteriormente, encaminhado a um Hospital de referência.

    De acordo com amigos da vítima, Lazão se recupera bem, porém, os mesmos se limitaram em dizer onde o mesmo realiza tratamento médico.

    Assista o momento em que a casa estava em chamas;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.