• Publicado em

    Agora foi no Rio: Polícia investiga vídeo de tortura a jovens

    Assista ao vídeo...

    Segundo informações do Extra a 12ª DP (Copacabana) investiga um vídeo que mostra três jovens sendo agredidas por criminosos no Morro dos Tabajaras, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Segundo o delegado Deoclécio Assis, titular da unidade, as mulheres teriam sido torturadas e agredidas por traficantes da comunidade, que conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), sob a alegação de que seriam “informantes de policiais”.

    As imagens, que vêm sendo compartilhadas na internet, trazem as três mulheres, com os cabelos raspados, sendo forçadas por um homem a trocar tapas no rosto. “De quem ela falou a casa?”, pergunta o bandido. “Não falei nada de você”, responde uma das vítimas. “Quem deu a minha casa?”, insiste o criminoso, que chega a agredir duas das jovens com um chinelo.

    De acordo com a 12ª DP, foram PMs da UPP que localizaram a gravação nas redes sociais e as apresentaram na delegacia. No vídeo, chegam a ser citados dois nomes de traficantes que atuam na região — um deles, inclusive, já foi identificado pela polícia.

    Trata-se de Gabriel Alves de Lima, de 25 anos, preso um dia antes por agentes da UPP Tabajaras. Segundo os PMs, o suspeito, antes de ser capturado, havia entrado em uma casa e feito como reféns duas das três jovens que aparecem nas imagens. A ocorrência acabou apresentada na própria 12ª DP, onde Gabriel foi autuado pelos crimes de associação para o tráfico de drogas e constrangimento ilegal. As mulheres foram ouvidas e liberadas.

    Veja no vídeo abaixo;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.