• Publicado em

    Após matar a ex-mulher, homem é linchado até a morte por populares

    Eles foram casados por dez anos e tinham sete filhos, mas estavam separados há três meses. A vítima levou ao menos duas facadas

    Uma mulher e o ex-companheiro dela foram encontrados mortos neste domingo (01/09/2019) na região do Café sem Troco, no Paranoá, Distrito Federal. O caso é tratado como feminicídio seguido de homicídio.

    De acordo com a delegada Jane Klebia, da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), os dois participavam de uma festa de aniversário quando começaram a discutir. Eles foram casados por dez anos e tinham sete filhos (com idade entre 3 e 11 anos), mas estavam separados há três meses.

    Leia também: Conheça aplicativos gratuitos que ajudam a organizar os estudos 

    O clima esquentou e ambos se agrediram. Aneilton Vitorino da Silva, 29 anos, matou Roseli Sousa Santos, 33, com pelo menos duas facadas. Em seguida, o homem foi linchado por populares e morreu no local. Ele foi agredido com socos, pontapés e tijoladas.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.