• Publicado em

    Após ritual de bruxaria, pai despacha filho no Rio Preto

    "Despachei ele. Eu estava com um negócio me perturbando, me desfiz do meu próprio filho por causa da zuada, pra não atingir outras pessoas também", disse o pai do menino

    No município de Wenceslau Guimarães, no sul da Bahia, um pai foi preso após jogar o filho de seis anos dentro de um rio.

    Laércio Conceição dos Santos, de 25 anos, afirmou que matou a criança pois ouvia vozes, após uma tia ter feito uma bruxaria com ele.

    “Despachei ele. Eu estava com um negócio me perturbando, me desfiz do meu próprio filho por causa da zuada, pra não atingir outras pessoas também”, disse o pai do menino.

    Em depoimento à polícia, o homem contou que pegou o filho, ainda dormindo, molhou o cabelo dele para se livrar da bruxaria, abriu a porta da casa e seguiu em direção ao rio Preto, onde jogou o menino. O crime ocorreu na madrugada de segunda-feira (21).

    Segundo informações do R7, a polícia foi acionada e prendeu o homem em flagrante. Segundo relatos do pai do acusado, o filho tem problemas mentais. O corpo do menino foi encontrado e encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Valença.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.