• Publicado em

    Assista como um dos autores do latrocínio do taxista morto em Rio Verde foi recebido na cadeia

    No vídeo ele passa um grande sufoco.

    Vítima: Francirrênio Cabral Florestinha

    Começou a circular nas redes sociais um vídeo onde mostra a recepção que um dos autores do latrocínio do taxista Francirrênio Cabral Florestinha de Quirinópolis teve na cadeia.

    Nas imagens o assassino aparece com uma corda no pescoço sendo ameaçado pelos outros presos, que os obriga dizer à forma que ele e seus dois outros comparsas assassinaram o taxista. Os presos tentam descobrir também qual a quantia que ele ganharia com a venda do veículo do taxista morto.

    Leia também:  Funcionária de lotérica é presa após ser flagrada desviando dinheiro de cliente, assista

    As imagens terminam com o criminoso sendo obrigado a  pular de certa altura com a corda no pescoço, sua sorte era que a corda era comprida e com isso ele não se enforcou.

    Assista;

    Segundo a Polícia Militar, os acusados admitiram ter rendido a vítima e enforcado com uma corda. Ao abandonar o corpo, os bandidos notaram que o homem ainda estava vivo e então o mataram com golpes de faca.

    Com as informações do roubo e da fuga dos suspeitos para Mato Grosso, equipes policiais de Novo São Joaquim e Campinápolis interceptaram as saídas das cidades que fazem divisa com Goiás e conseguiram prender os suspeitos.

    Após a prisão, o trio confessou o crime e relatou o local do corpo que foi encontrado com diversas perfurações de faca. O corpo foi encontrado em um lixão na cidade de Rio Verde.

    Eles haviam escolhido a cidade mato-grossense para a fuga por terem familiares na região. Todos os suspeitos possuem passagens policiais em Novo São Joaquim.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.