• Publicado em

    Atirador de Goiás revela algo chocante sobre o crime e sua família desaparece

    Em um vídeo na delegacia, assassino de Raphaella Noviski em Alexânia revela a crueldade do crime e não mostra arrependimento.

    Um dia depois do crime que chocou Alexânia, uma cidade que fica entre Goiânia e Brasília, no entorno do DF, os vídeos de desespero dos alunos e do depoimento do assassino de Raphaella Noviski,16, estudante do 9° ano do Colégio Estadual 13 de Maio, na cidade, viralizaram na rede. A jovem que foi morta por Misael Pereira, 19 anos, com 11 tiros no rosto, nem mesmo conhecia mais intimamente o seu algoz, mas o assassino confesso revelou que o crime havia sido passional.

    De acordo com uma prima de Misael, a mãe e a irmã do jovem deixaram a cidade com medo de sofrerem alguma retaliação por conta do crime bárbaro cometido, já que de acordo com ela, as notícias se espalham rápido e todos sabem onde eles moravam.

    O assassinato cruel que mobilizou o Brasil e aconteceu nesta segunda-feira, 6, causou pânico e correria entre os alunos que estavam na escola, como mostra o vídeo das câmeras de segurança e pode ser visto ao final deste artigo.

    As imagens foram registradas momentos antes dos disparos e mostram colegas saindo correndo da sala onde a moça estudava, logo após o som de um tiro. Os gritos e barulhos feitos pelos alunos na correria abafam o som do crime e dos tiros proferidos pelo assassino confesso. Alunos de outras salas também podem ser vistos correndo e se apressando para entender o que estava acontecendo na sala vizinha.

    Ao final do vídeo, é possível ver Misael Pereira, o matador frio, fugindo do local .

    Vídeos mostram o desespero dos alunos em escola de Goiás

    No vídeo, é possível ver os alunos correndo e ao final, o assassino que usa uma máscara correndo por último .

    Segundo o depoimento do assassino cruel e sem arrependimento, ele estava sendo rejeitado pela menina e teria planejado por cerca de um ano o crime. Este foi o tempo necessário para que ele juntasse dinheiro para comprar um revólver calibre 32, munições e cometesse o crime.

    Misael grava depoimento e não mostra arrependimento

    Em um vídeo gravado na delegacia , o bandido não mostra arrependimento e revela, na verdade, certa frieza para contar o que aconteceu. Ele diz que odiava a vítima, mas negou ter sido desprezado. Ele apenas disse que não consegue explicar o ódio.

    A escolha da data não teve algo em especial e disse que apenas esperou para planejar tudo. Depois que tudo ficou pronto, ele executou. Um outro homem foi preso com Misael, este que daria fuga ao marginal. Ele também será indiciado.

    Assista ao vídeo do depoimento de Misael na delegacia.

    Depoimento do pai

    Vídeo do desespero dos alunos

     


    #Atirador Goiás #assassino de alexania #crime escola


    Fonte/Superinteressante/ Blasting News

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.