• Publicado em

    Ator de ‘Homem de Ferro 2’ é preso acusado de vender pílulas falsas contra coronavírus

    Keith Middlebrook, que fez filmes como “Homem de Ferro 2” (2010) e “Moneyball” (2012), foi preso na noite de quarta-feira (25) por agentes do FBI, segunda informa o TMZ. De acordo com o site, o ator é acusado de vender pílulas falsas que seriam a cura para o novo coronavírus.

    Middlebrook também usava o nome de Magic Johnson para tentar conquistar investidores, dizendo que o ex-jogador de basquete fazia parte do conselho administrativo da sua empresa. Segundo o TMZ, o ator dizia que, além de tratar a covid-19, as pílulas também seriam eficazes para evitar que as pessoas se contaminassem.

    Os agentes entraram em contato com Johnson, que afirmou não conhecer Middlebrook.

    Reprodução

    O ator, que tem 2,5 milhões de seguidores no Instagram, foi preso em flagrante ao entregar as pílulas a um agente do FBI, que estava disfarçado de investidor.

    Ainda de acordo com o TMZ, o ator solicitava fundos para potenciais investidores da sua empresa, a Quantum Prevention CV. Ele prometia lucros de 200% a 300% para cada milhão de dólares investidos.

    Middlebrook foi indiciado por fraude eletrônica e pode pegar até 20 anos de prisão.

    Em “Homem de Ferro 2”, o ator fez um papel pequeno como dr. Jason Miller.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.