• Publicado em

    Câmara assina acordos para expandir sinal da TV legislativa

    O presidente da Câmara de Jataí (GO), vereador Marcos Antonio, afirmou que os vereadores poderão divulgar os trabalhos para sua população

    A Câmara dos Deputados assinou nessa terça-feira, 18, convênios de cooperação com mais dez cidades para fazerem parte da Rede Legislativa. O objetivo é universalizar o sinal da TV Câmara e das TVs legislativas parceiras e fazer com que cada cidadão brasileiro possa acompanhar diretamente os trabalhos do Parlamento, ampliando a transparência e a participação popular no Poder Legislativo.

    Foram assinados acordos com os presidentes das câmaras municipais de Acorizal (MT), Arapongas (PR), Barão de Melgaço (MT), Barreiras (BA), Campos dos Goytacazes (RJ), Dourados (MS), Feira de Santana (BA), Jataí (GO), Juiz de Fora (MG) e Teixeira de Freitas (BA).

    O secretário de Comunicação da Câmara, deputado Cleber Verde (PRB-MA), disse que a Rede Legislativa é uma oportunidade para que o vereador ou deputado estadual possa apresentar o resultado de seu trabalho, e interagir mais com a população, além de possibilitar a Câmara dos Deputados veicular sua programação no município.

    “Queremos levar aos municípios a comunicação pública de qualidade, a partir da TV digital e das rádios FM. Certamente até o final do ano vão ser iniciadas as transmissões. A tramitação é célere”, afirmou o secretário.

    image_preview

    Presidente da Câmara de Jataí (GO), vereador Marcos Antonio

    O presidente da Câmara de Arapongas, vereador Valdeir José Pereira, destacou que a parceria é importante para mostrar à população o trabalho dos vereadores.

    O presidente da Câmara de Jataí (GO), vereador Marcos Antonio, afirmou que os vereadores poderão divulgar os trabalhos para sua população. “Quanto mais a gente divulga nosso trabalho, mais valorizamos a cidadania. A classe política precisa mostrar o que faz de bom”, disse.

    Multiprogramação
    O projeto criado e administrado pela Câmara dos Deputados prevê a subdivisão de um canal digital em quatro por meio da multiprogramação: dois nacionais (TV Câmara e TV Senado), um estadual (TV Assembleia Legislativa do estado) e um local (da TV da Câmara Municipal).

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.