• Publicado em

    Cantor sertanejo morre em acidente de carro

    Cantor e empresário da dupla Luiz Henrique e Leo morreu neste domingo, 26. Corpo é velado em Iturama, cidade em que ele nasceu.
    Rivaldo Minas (Foto: Reprodução/Instagram)

    Rivaldo Minas (Foto: Reprodução/Instagram)

    Diversos artistas sertanejos usaram as redes sociais para lamentar mais uma morte do meio artístico.

    Na noite deste domingo, 26, morreu o cantor e empresário Rivaldo Minas devido a um traumatismo craniano.

    O corpo está sendo velado na Câmara Municipal de Iturama, em Minas Gerais, e será enterrado no cemitério da cidade na manhã de terça-feira, 28, por conta dos familiares que ainda devem chegar na região.

    De acordo com Fábio Bouças, assessor da dupla Luiz Henrique e Leo, que era empresariada por Rivaldo, o acidente foi na rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

    “Segundo a ocorrência policial, Rivaldo dirigia um Honda City, no sentido Rinopolis a Santópolis do Aguapeí.

    Uma Van que seguia a frente passou sobre o pedaço de roda solto no asfalto. A peça metálica foi arremessada para o alto e ejetada no para-brisa do carro do cantor.

    A peça destruiu o vidro, atingiu violentamente o artista e ficou dentro do carro”, contou Fábio.

    Rivaldo tinha 37 anos de idade e estava sozinho no carro.

    César Menotti foi um dos artistas que usou sua rede social para homenagear o empresário. “Mais um amigo que perde a vida na estrada!!! Gente boa demais!!! Alegria contagiante!!! Que DEUS conforte toda sua família!!! Descanse em Paz meu amigo Rivaldo ‘Diminas’!!!”, escreveu o cantor. Seu parceiro musical, Fabiano, também prestou homenagem. “Mais um batalhador da música sertaneja teve sua vida ceifada na estrada.

    Que o Espírito Santo do Senhor traga todo o conforto a família do querido Rivaldo Minas. Força também aos parceiros Luiz Henrique e Leo”.

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte/Marília Nevesdo/EGO
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.