• Publicado em

    Casal de traficantes foi preso após perseguição e depois de colidir o veiculo que estavam com uma carreta na GO 184

    Além da prisão dos traficantes, a policia apreendeu cerca de 500 Kg de maconha.

    Por volta das 15h30m do desta segunda-feira (19), a equipe de Policiais Militares da Polícia Militar Rodoviária Estadual CPE-042 (2° SGT Rogério; CB Ribeiro e CB Paulo) em abordagem de rotina na base da GO-050 km 35 município de Chapadão do Céu-GO, ao solicitarem para que o veículo VW Polo Sedan 1.6 de cor prata parasse para inspeção de rotina, instante que os Policiais aproximaram para verificarem as documentações (pessoais e veicular), o condutor Fellipe Santos Pauferro, saiu em arrancada brusca.

    Diante do fato, os Policiais Militares direcionaram-se à viatura policial e procederam ao acompanhamento do VW Polo. No trajeto os Policiais Militares Rodoviários Estaduais tentaram contato com o Destacamento Policial Militar de Chapadão do Céu-GO, mas não lograram êxito.

    Mesmo assim continuaram o acompanhamento e nas proximidades do distrito (povoado) de Itumirim tentaram abordar o referido veículo sem êxito. Desta forma os Policiais Militares Rodoviários Estaduais entraram em contato com os Policiais Militares lotados no Destacamento Policial Militar de Serranópolis-GO (CB 21506 Pereira; CB 27361 Orsine e CB 32547 Dalmy) e informou da real gravidade da situação que “poderia se tratar de veículo roubado/furtado ou transporte de drogas”.

    82815e83-4ff0-4ed6-a75c-0b3ccabf9250-copiaMomento em que os Policiais Militares do Destacamento Policial de Serranópolis montaram um bloqueio na GO-184 KM 52 ocasião esta em que a equipe de Policiais Militares Ambientais (1° TEN 24091 Marcelo; 3° SGT 24092 Marcos; 3° SGT 24095 Jacinto e SD 34898 Wendell Martins) estavam saindo de uma estrada vicinal e foram informados pelos PMs de Serranópolis de que o veículo VW Polo Sedan 1.6 de cor prata já vinha fugindo dos Policiais Militares Rodoviários Estadual fazendo ultrapassagem perigosa e não atendendo à ordem de parada, quando na altura do KM 52 onde estavam o bloqueio executado pelos PMs de Serranópolis e os PMs Ambientais que procediam a abordagem de uma carreta Volvo FH 440 6x4T concomitantemente quando o veículo VW Polo Sedan 1.6 de cor prata descia a serra, não sendo possível ao condutor e testemunha  da carreta Volvo (senhor: Kleber Correa Coutrin – K. C. C.), visualizar a aproximação do veículo VW Polo, o qual veio a abalroar-se na lateral esquerda da carreta Volvo causando danos materiais em ambos os veículos.

    b658a8de-e31c-46e3-a236-3821f3ca4860-copiaNo instante do acidente, os autores que estavam no VW Polo: Fellipe Santos Pauferro e Janaína Rodrigues Pereira da Silva, tentaram fugir, mas foram abordados pelos PMs que participaram do bloqueio. Durante as buscas pessoais e veicular dos autores foram constatados os objetos e droga, relacionados: 03 celulares smartphone marca sansung; a quantia de R$ 754, 80 em dinheiro ; duas placas acondicionadas debaixo do banco NTV7244 de Goiânia-GO, sendo que acoplada ao veículo estava as placas   NRL5569 de Deodápolis-MS, entretanto ao verificar no sistema do Detran a placa original do veículo é JIQ6813 de Brasília-DF o qual foi furtado no dia 28/09/2016; uma balança portátil de precisão e a quantidade de 461,368 kg de droga “cannabis sativa lineo”, vulgarmente conhecida por “maconha”).

    f51d4022-220a-46d1-ab15-735604aa2268-copiaNo acidente os autores sofreram lesões corporais leves e após serem apresentados na 14a Delegacia de Polícia Civil de Jataí foram submetidos aos exames periciais de corpo de delito.

    Ressalta-se que o veículo VW Polo ao ser consultado no sistema consta-se que trata de produto de furto conforme mencionado e que as placas que estavam nele são “frias”.

    Os autores foram autuados em flagrante delito pela lei 11.343/2006 – lei antidrogas – artigo 33 e pelo Código Penal Brasileiro no artigo 155 – furto de veículo.

    Repórter Mari JTI

    Assista a matéria;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.