• Publicado em

    COD desarticula quadrilha que iria praticar roubo em Caçu

    Duas pessoas foram presas em flagrante e um adolescente foi apreendido. Uma arma de fogo e drogas foram apreendidos.

    No último dia 1º de Julho, Policiais Militares lotados no COD – Comando de Operações de Divisas – abordaram na GO-206, em sua Base Operacional localizada no KM 01, dois indivíduos em uma motocicleta Twister de cor preta. Durante busca pessoal e veicular foi encontrada uma arma de fogo, debaixo do banco do veículo.

    Conforme relatos, a Equipe Base do COD, composta pelo Subtenente Aldeir, Sargento Werlen, Sargento Eduardo e Cabo J. Neves, abordou um adolescente de 16 anos e Edson Pereira Lima, ambos são primos e moradores na Cidade de Rio Verde, no Sudoeste Goiano. Durante interrogatório eles afirmaram que iriam praticar um Roubo na Cidade de Caçu. Ao averiguar a vida pregressa dos abordados, foi constatado que um dos envolvidos tinha várias passagens, dentre elas, Roubo, furto e estupro, tendo em sua vida pregressa, mais de 05 passagens.

    Os abordados disseram também que estariam indo pra Caçu com o objetivo de seqüestrar e mediante extorsão roubar dinheiro de um Empresário que ali residia. Eles afirmaram que havia a participação de uma terceira pessoa, identificada como Geisibel Fontes da Silva, a qual já tem passagem por tráfico de Drogas, tipificado no Artigo 33 do Código Penal Brasileiro. Esta é moradora de Caçu e seria a responsável por fornecer as informações da vítima. Em Patrulhamento, Geisibel foi localizada e com ela foram encontradas várias porções de Maconha e Crack, as quais teriam sido entregues pelo adolescente e por Edson Pereira. O entorpecente estava escondido no interior de uma boneca, que segundo ela, seria comercializada ali mesmo na cidade.

    Geisibel confessou estar planejando o crime e ressaltou, ainda, que acompanhava a rotina do empresário, identificado como “Pedro Cearense”. Os três envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Caçu, onde após serem ouvidos, os dois adultos foram encaminhados à Cadeia Pública da Cidade e o adolescente encaminhado à Cadeia da Cidade de Itarumã. Geisibel foi Autuada em Flagrante Delito pelo crime de Tráfico de Drogas e os outros dois envolvidos por Porte Ilegal de Arma de Fogo e Associação Criminosa.

    De acordo com as investigações, os dois criminosos receberam a informação de que o empresário dispunha de R$ 50.000,00 em casa. O menor já tem Passagem por Roubo, Capitulado no Artigo 157 do Código Penal Brasileiro.

    Conforme dados das investigações e do Auto de Prisão em Flagrante, o que se planejava, realmente, era um Roubo. Embora as pessoas digam que a vítima seria “Pedro Cearense”, no Flagrante Lavrado foi dito o nome de “Raimundo Cearense”, o seu irmão.

    Mais uma vez o Comando de Operações de Divisas mostra a sua importância na atuação como policiamento de apoio especializado não só nas rodovias, mas também nas cidades das regiões de divisas, combatendo o crime e atuando ostensivamente em todo o Estado de Goiás.

    Informações extra-oficiais dão conta de que o crime tenha sido encomendado de dentro do Presídio (CIS) de Rio Verde. Geisibel Fonte é esposa de um Reeducando conhecido como Cristian, o qual já tem uma extensa ficha criminal, com os crimes de Roubo, Tráfico de Drogas, Homicídio e Furto. O mesmo teria se foragido do CIS de Rio Verde, porém, foi recapturado na Cidade de Mineiros.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.