• Publicado em

    Com faca empresário mata esposa e filha de 4 anos e comete suicídio

    médica Mariana Paranhos, 33 anos, e a filha, 4, foram mortas a facadas pelo marido da mulher e pai da criança, o empresário Thiago Aquino, 30, que cometeu suicídio após assassiná-las. O crime foi praticado na madrugada desse sábado (17), em Araguari, no interior de Minas Gerais.

    Segundo informações do EXTRA, obtidas pela Polícia Militar, Mariana foi atingida por 12 facadas, enquanto a garota, duas. O suspeito desferiu quatro golpes contra o próprio peito, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil vai investigar o caso para apurar a motivação do duplo homicídio. Os celulares do casal foram apreendidos.

    Leia também: Homem assassina ex-mulher e se mata com bebê no colo 

    O casal e a filha deles morava em Uberlândia, a 40 quilômetros de Araguari, cidade onde Mariana fazia plantão no dia em que foi morta. Em determinado momento, Thiago foi à unidade de saúde e pediu para uma enfermeira chamar a esposa e informar que a menina estava passando mal.

    De acordo com o subtenente Adailton Ferreira de Carvalho, testemunhas disseram ter visto uma mulher correndo em direção ao centro da cidade com a mão na barriga, enquanto um motorista tentava atropelá-la. Policiais abordaram o veículo e a criança, ainda na cadeirinha, já estava “agonizando”. A corporação já encontrou a mulher morta e o pai ainda foi levado ao hospital.

    Leia também: Homem assassina ex-mulher e se mata com bebê no colo 

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.