• Publicado em

    Consumidores relatam cobrança abusiva na conta de luz em Rio Verde

    Uma família de três pessoas que sobrevive com um salário minimo levou um susto ao receber os dois últimos talões de energia, somados eles chegam a quase R$ 1500,00.

    Difícil encontrar em Rio Verde e porque não dizer em Goiás consumidor que não reclame dos altos valores cobrados nas contas de energia elétrica neste início de ano. Há casos em que o valor triplicou de um mês para outro.

    Leia também:  Homicídio: Homem é espancado até a morte por namorado ciumento em Rio Verde

    Moradora: Eliana Arantes

    De acordo matéria da TV Rio Verde, a desempregada, Eliana Arantes, que mora mais duas pessoas em uma residência  localizada no Bairro Jardim América em Rio Verde,  levou um grande susto nos últimos 2 meses. Os valores cobrados pela ENEL estão entre R$ 711,86 a R$ 717,58.

    De acordo com a Eliana a casa não tem aparelhos que consuma tanta energia, e ela não sabe como vai fazer para pagar a energia, já que ela está desempregada e a família está sobrevivendo somente com um salário mínimo que é da aposentadoria de sua mãe. Indignada com a situação a família pede ajuda para que a Companhia de Energia elétrica verifique o que esta acontecendo.

    Nós da redação do Plantão JTI, temos consciência que este não é um  problema só da cidade de Rio Verde, já que  é  uma discrepância, a cada mês a energia vem  com um valor sempre mais alto. Fica um descompasso muito grande para os consumidores, e a voracidade da empresa responsável pelo abastecimento de energia que era estatal e agora é da iniciativa privada, faz com que quem acabe arcando com as consequências  da incompetência dos administradores públicos seja nós consumidores

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.