• Publicado em

    Criança denuncia motociclista que apalpou seios dela em rua de Jataí, o acusado foi preso

    Imagens de uma câmera de segurança mostra o momento em que o acusado abordou a vítima uma menina de 11 anos.

    Quando em patrulhamento pela  Rua Castro Alves, no Setor Vila Paraíso em Jataí, a  equipe Policial composta pelo CB Evangelo e SD Tairone viatura 10883 da PM  avistou o acusado identificado como Ronivaldo Fernandes dos Santos, 47 anos,  que estava em atitude suspeita e possuía as mesmas características do autor de ocorrência de estupro de vulnerável, informações repassadas pela viatura 10889 anteriormente, que atendeu a ocorrência envolvendo o autor.

    De posse das informações tais como vestimentas, veículo utilizados, características físicas e etc. Em ato contínuo a equipe da viatura 10883, que realizou a abordagem e apreensão do autor, entrou em contato a equipe da viatura 10889 para que confirmasse junto a vítima a autoria do abordado no crime anteriormente mencionado.

    Leia também: Black Friday Educação: descontos continuam até segunda-feira (02)

    Os policiais em apoio, foram até a casa da vítima e confirmaram tais informações. O comunicante então deu voz de prisão em flagrante ao autor e o conduziu para a delegacia para os procedimentos legais. Tendo em vista que sua motocicleta utilizada para a prática do crime encontra-se com a documentação atrasada, com o lacre rompido e mau estado de conservação, foram confeccionadas as notificação em anexo. A motocicleta foi apreendida junto ao pátio do DETRAN.

    A vítima relata que estava passando pela rua Piranhas com a rua Uberlândia quando passou pelo o autor que a abordou e mandou ela parar e pegou em seus seios, momento em que a vítima ficou assustada e saiu correndo e pediu socorro para a sua mãe que acionou a policia.

    Imagens de uma câmera de segurança mostra o momento em que o acusado abordou a vítima.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.