• Publicado em

    Crianças podem ter sido jogadas do 16º andar de prédio no Rio de Janeiro

    Família inteira foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (29), em condomínio da Barra da Tijuca

    Uma família foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (29) no condomínio Pedra de Itaúna, na Barra da Tijuca, bairro nobre da zona oeste do Rio de Janeiro.

    De acordo com o G1, os corpos de duas crianças e de um homem foram localizados na área da piscina do Edifício Lagoa Azul e, no apartamento da família, estava o cadáver da mãe.

    Vizinhos contaram que, por volta das 6h30, ouviram uma discussão e o barulho de tiros. Eles acreditam que as crianças de 11 e 7 anos tenham sido jogadas da janela do apartamento, que fica no 16º andar – as redes de segurança estavam rasgadas.

    “Foi uma tragédia. A gente ficou sabendo que ele teria perdido emprego recentemente e estaria desesperado. Mas por enquanto, tudo é especulação. É só tristeza”, disse um morador ao G1.

    As vítimas ainda não foram identificadas pela polícia, que investiga o caso.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.