• Publicado em

    Criminosos invadem casa, matam jovem e deixam criança e outras três pessoas feridas em Goiás

    Segundo Polícia Civil, Lucas Weverton da Silva, de 20 anos, jantava com amigos quando grupo entrou na residência atirando. Delegado não divulgou detalhes do caso.

    Jovem de 20 anos foi morto a tiros, nesta terça-feira (4), enquanto jantava com amigos em Bela Vista de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, Lucas Weverton da Silva morreu na hora após ser atingido por diversos tiros. Uma menina de 4 anos e outras três pessoas ficaram feridas.

    “A Polícia Civil já está acompanhando. No momento ainda não podemos divulgar nada sobre o caso, até porque estou ouvindo algumas pessoas, mas está confirmada a morte deste jovem e que os criminosos deixaram quatro feridos”, disse o delegado Alexandre Lourenço, responsável pelo caso.

    O caso ocorreu na madrugada desta terça-feira, em uma casa no Setor Armando Antônio, em Bela Vista de Goiás. Conforme apurou a TV Anhanguera, uma mulher foi atingida na perna, braço e virilha e foi socorrida por vizinhos. Outros dois jovens, um baleado na perna e outro baleado de raspão, foram levados para o Hospital Municipal de Bela Vista de Goiás.

    A unidade de saúde informou ao G1 que os feridos foram atendidos e liberados. Já a criança foi transportada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) a um hospital da capital. Conforme informou a assessoria de imprensa da unidade de saúde, a menina está em estado gravíssimo.

    “Na madrugada de hoje, paciente foi submetida a procedimentos cirúrgicos com as equipes de Cirurgia Geral e Ortopedia. Neste momento, está internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedada e intubada”, informou a assessoria.

    O corpo de Lucas deixou o Instituto Médico de Aparecida de Goiânia por volta das 11h30 e será velado na da sala de uma funerária. O horário do enterro ainda não está definido.

    Mãe correu com filha

    Vizinhos da casa onde um jovem foi morto e quatro pessoas ficaram feridas contaram que, após os tiros, a mãe da criança ferida saiu correndo com a filha, de 4 anos, nos braços, para pedir ajuda. Eles escutaram mais mais de 20 tiros.

    “Ouvi muitos tiros. A mãe saiu com a menina no colo gritando socorro: “Misericórdia, salvem a minha filha”. A menina estava muito machucada, colocaram as duas num carro e foram para o hospital”, disse ao G1 uma moradora que prefere não ser identificada.

    No momento dos tiros, além da família, estavam na residência, Lucas, a mulher dele, de 21 anos, e um amigo. Testemunhas disseram que os criminosos atiraram várias vezes e fugiram em um carro preto. “Eu achei que era bombinha, mas como repetiu, vi que eram tiros”, disse a mulher.

    Outro vizinho contou que, após os disparos, o dono da casa também correu do imóvel e se escondeu em uma casa em frente. Lucas também saiu da casa, mas não resistiu e morreu ao lado de uma cerca.

    Fonte/Click News

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.