• Publicado em

    Dengue faz mais três vítimas em Goiás; as vítimas são de Rio Verde, Crixás e Trindade

    O ranking dos dez municípios com o maior número de casos é formado por Goiânia, Aparecida de Goiânia, Jataí, Ceres, Anápolis, Pirenópolis, Crixás, Rubiataba, Goiatuba e Goianira.

    A Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), confirmou nesta terça-feira (10), mais três óbitos causados pela dengue em 2015. As vítimas são de Crixás, Rio Verde e Trindade. Agora, o total de óbitos em Goiás subiu para quatro – a primeira morte foi confirmada em Goiânia. Outros 13 óbitos suspeitos estão sendo investigados.

    Até o dia 28 de fevereiro, o Estado notificou 29.743 casos de dengue – um aumento de 37,71% em relação ao mesmo período do ano passado. O ranking dos dez municípios com o maior número de casos é formado por Goiânia, Aparecida de Goiânia, Jataí, Ceres, Anápolis, Pirenópolis, Crixás, Rubiataba, Goiatuba e Goianira. Como as informações dos casos notificados são enviadas pelos municípios, os números podem sofrer alterações ao longo das semanas.

    Ações no interior
    Nos dias 10 e 11 de março (terça e quarta), equipe da Saúde estadual estará em Pirenópolis para assessoria técnica ao município. Servidores das áreas de vigilância epidemiológica, assistência à saúde, controle de vetores e da Regional de Saúde Pireneus vão acompanhar as ações realizadas pela administração municipal em relação ao combate à dengue. Pirenópolis notificou, em 2015, 613 casos de dengue e é o quinto município goiano com maior número de casos.

    Segundo o coordenador de controle de dengue e chikungunya do Estado, Murilo do Carmo Silva, a assessoria técnica envolve as três áreas (vigilância, vetores e assistência). “Os técnicos vão a campo acompanhar o trabalho dos agentes de endemias, confirmam como está sendo a notificação e a digitação dos casos, verificam o protocolo de atendimento nas unidades básicas de saúde e a capacitação dos profissionais”, exemplifica o coordenador.

    Nesta mesma semana, na quinta e sexta-feira (dias 12 e 13), os técnicos da saúde estadual seguem para Novo Gama, onde também farão assessoria técnica e supervisão do trabalho que vem sendo realizado pelo município para eliminar os criadouros do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti.

    Adaptações/ Plantão JTI
    Fonte O Popular

    LISTA TELEFONIA A NOVA NOVIDADE DO SITE

    CONHEÇA A LISTA TELEFÔNICA DO NOSSO SITE CLIQUE AQUI

    CONHEÇA A LISTA TELEFÔNICA DO NOSSO SITE CLIQUE AQUI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.