• Publicado em

    Disney suspende produção de Guardiões da Galáxia vol. 3 por tempo indeterminado

    A Marvel já teria dispensado a equipe técnica , enquanto procura por um substituto para James Gunn.

    Após a demissão de James Gunn como o diretor de Guardiões da Galáxia vol. 3, a Disney decidiu suspender a produção do projeto por tempo indeterminado. Os membros da equipe técnica foram dispensados e estão livres para trabalharem em outros projetos. A informação é do THR.

    Segundo a reportagem, a Marvel está buscando um substituto e alinhando o projeto mais uma vez, já que a saída de Gunn abalou o elenco e outros envolvidos. O longa começaria a ser filmado no começo de 2019, com previsão de lançamento para o começo de 2020. Uma nova data não foi anunciada.

    A controvérsia envolvendo Gunn começou após tweets antigos do cineasta serem revividos — na maioria deles, havia piadas ofensivas sobre temas como estupro, pedofilia e AIDS. Muitos dão razão à decisão da Disney de cortar relações após as postagens ofensivas, mas outros defenderam que a demissão deveria ser repensada porque os tweets foram escritos há mais de uma década.

    Segundo membros de dentro da empresa, a Disney tem uma visão diferente na maneira de lidar com situações como a de James Gunn. De alguns meses para cá, o padrão para este tipo de situação é de tolerância zero para este tipo de ação.

    Até o momento, não sabemos se o roteiro escrito por James Gunn será usado em Guardiões da Galáxia Vol. 3, ou se um novo roteirista vai assumir o cargo. O mais provável é que usem o roteiro de Gunn, mas com mudanças feitas pelo novo diretor.

    Fonte/Nerd Bunker

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.