• Publicado em

    É preso suspeito de matar namorada em Goiás

    Os dois se conheceram pela internet e, antes de morrer, ela queria voltar para o CE. Após o crime, homem seguia atualizando o Facebook com deboche. O cozinheiro Rafael da Silva Andrade, de 35 anos, foi preso acusado de matar a professora cearense Aila Pinto Cardoso, de 34 anos.

    Foi anunciada nesta quinta-feira (15), a prisão do suspeito de matar a facadas uma mulher, de 35 anos, em Anápolis, no Centro de Goiás.

    O crime ocorreu no dia 16 de julho e nessa mesma data, o namorado da vítima confessou para o irmão que teria feito uma besteira.

    Leia também:  Conheça aplicativos gratuitos que ajudam a organizar os estudos

    A mulher morava em Fortaleza, no Ceará, e teria começado a viver junto com o suspeito e com a família dele há poucos meses, após um período de relacionamento pela internet.

    Os pais da vítima tentaram comprar passagens para que ela e o namorado morassem com eles no outro estado, mas não conseguiram adquirir o bilhete para o suspeito.

    A companheira dele iria voltar sozinha para a cidade natal, quando ocorreu o assassinato.

    Desde então, o acusado estava foragido e só foi encontrado algum tempo depois em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal (DF).

    O caso será apresentado hoje (16), às 10h, na Delegacia Regional de Polícia de Anápolis.

    Com informações Radio CBN

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.