• Publicado em

    Empresario é preso em Jataí por armazenar imagens pornográficas infantis

    A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), prendeu em flagrante delito, nesta terça-feira, 16, um homem de 30 anos que armazenava imagens pornográficas infantis. Ele foi preso em Jataí.

    O empresário e técnico em informática está sendo investigado desde fevereiro deste ano pela Dercc por constranger ilegalmente uma cliente de sua empresa de manutenção de computadores.

    Leia também: Curso gratuito: programação pelo Senai e Havard estão com inscrições abertas  

    Segundo a polícia, ele a estava ameaçando de divulgar imagens íntimas nas redes sociais. A investigação aponta que os vídeos foram obtidos quando ela levou seu computador para manutenção na empresa do investigado.

    As equipes, então, cumpriram mandado de busca e apreensão na empresa dele e encontraram as imagens pornográficas infantis armazenadas em seu celular.

    Ele será indiciado pelo crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pela prática do crime de constrangimento ilegal por ameaçar divulgar imagens íntimas da cliente.

    A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc) divulgou apenas as iniciais  do nome do acusado E.D.S.L . Assista a entrevista com a Delegada responsável pelo caso;

    Assista ao Jornal Das 11.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.