• Publicado em

    Empresário se mata durante evento com governador e ministro de Minas e Energia

    Morte ocorreu no intervalo entre os pronunciamentos do governador do estado do Sergipe, Belivaldo Chagas, e do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque Foto: Reprodução/Instagram

    De acordo matéria do Extra, um empresário do setor de cerâmica suicidou-se durante um evento com a presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), na manhã desta quinta-feira. O gaúcho Sadi Gitz estava na plateia do “Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural em Sergipe” e cometeu o ato logo após o pronunciamento do governador.

    O governo do estado emitiu uma nota lamentando a morte do empresário e cancelando o evento.

    Leia também:  Enem 2020: participantes poderão responder provas digitais

    Empresário Sadi Gitz

    Empresário Sadi Gitz Foto: Divulgação/Prefeitura de Aracaju

    No vídeo, é possível ouvir o disparo e, em seguida, os participantes do evento correm assustados. A Polícia Militar está no local.

    O processo de recuperação judicial da empresa de Gitz teve início em fevereiro de 2018 e seguia em andamento no Tribunal de Justiça de Sergipe. Nas redes sociais, personalidades locais lamentaram a morte do empresário e manifestaram solidariedade à família.

    Nascido em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Gitz recebeu o título de cidadão sergipano. Ele era formado em Matemática, Engenharia Mecânica e Administração. Pelo Estado, atuou na Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) e na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). Ex-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), o empresário era diretor-presidente da Cerâmica Sergipe S/A, a qual havia fundado em 1986.

    Logo após o ocorrido, o vereador do Rio Carlos Bolsonaro expressou preocupação com a segurança do pai, o presidente Jair Bolsonaro(PSL-RJ). “Mais uma falha de segurança. Seria bom a segurança do Presidente ficar mais atenta”, escreveu Carlos Bolsonaro, no Twitter, com menção a uma reportagem sobre o caso.”

    Playlist Jornal Das 11, assista;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.