• Publicado em

    ENEL distribuição Goiás investe R$ 44,4 milhões em projetos de eficiência energética

    Entre as instituições beneficiadas estão universidades e hospitais de Goiânia, Anápolis e Rio Verde.

    A Enel Distribuição Goiás está investindo R$ 44,4 milhões em 11 projetos com foco na promoção do uso eficiente e racional da energia elétrica como instalação de iluminação LED, usinas fotovoltaicas e aquecimento solar de água.

    Neste mês de janeiro serão entregues os projetos da PUC-GO, Santa Casa de Goiânia, Hospital Espírita de Anápolis, IF Goiano – Rio Verde e Sesc Cidadania. Juntos, os cinco projetos somam R$ 7,5 milhões em investimentos e vão representar uma economia de 3,7 mil MWh/ ano, o suficiente para abastecer cerca de 2 mil residências durante um mês. Isso significa uma redução de demanda na ponta do sistema de 957,2 KW.

    Outros seis projetos estão previstos para serem entregues ao longo de 2019: Sesi Campinas, Saneago, IFG Goiânia e vários campus (Aparecida de Goiânia, Itumbiara, Cidade de Goiás, Jataí, Inhumas, Valparaíso, Luziânia, Formosa, Uruaçu e Indiara); UFG e Unievangélica, de Anápolis, que terá a maior usina fotovoltaica urbana de Goiás. Ao todo, esses projetos receberão investimentos de R$ 36,8 milhões. Somente a Saneago terá mais de R$ 10 milhões investidos na substituição do sistema motriz de quatro estações de tratamento de água e na instalação de um sistema de geração solar fotovoltaica, o que vai proporcionar uma economia de energia de 6 mil MWh/ ano.

    Além da economia, os projetos proporcionam menor impacto na rede de distribuição de energia, segundo o responsável por eficiência energética da Enel Distribuição Goiás, Adriano Faria. “A partir desses 11 projetos, vamos permitir uma redução de demanda na ponta de 2,7 mil KW. Selecionamos os projetos no ano passado por meio de chamada pública e eles precisam demonstrar viabilidade econômica nas ações de combate ao desperdício e de melhoria da eficiência”, comenta.

    Chamada pública 

    A seleção dos projetos é feita por meio de chamada pública, conforme requisitos estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Clientes e empresas, da área de concessão da distribuidora, podem encaminhar propostas até o dia 15 de janeiro de 2019, pelo site: http://enel-go.chamadapublica.com.br/. Os programas devem ter foco em ações que envolvam consumo consciente de energia, eficiência energética nas instalações elétricas e atividades educacionais. Os projetos selecionados serão desenvolvidos pela distribuidora ao longo de 2019.

    O processo é conduzido por uma consultoria externa, o Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste (NEPEN), sob a supervisão e orientação da equipe da Enel Distribuição Goiás, com o objetivo de garantir a imparcialidade do processo. O NEPEN é responsável pelo recebimento das propostas, organização de documentação e processamento dos dados para avaliação da comissão julgadora da distribuidora. O cronograma do processo está disponível no edital da chamada pública. Os interessados podem ainda tirar dúvidas pelo e-mail: [email protected].

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.