• Publicado em

    ENEL Distribuição Goiás usa tecnologia para estreitar relacionamento com produtores rurais de Jataí

    Empresa está disponibilizando tablets nos principais sindicatos rurais do Estado, para que associados tenham acesso direto à companhia, especialmente para informar falta de energia. Companhia oferece canais de atendimento exclusivos para público rural.

    A Enel Distribuição Goiás está usando plataformas digitais para se aproximar dos produtores rurais de Jataí. A empresa disponibilizou tablet no sindicato rural da cidade para agilizar o atendimento aos clientes rurais. A ação faz parte do plano de melhoria da qualidade do fornecimento na zona rural, firmado em janeiro entre a companhia e a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

    Os tablets têm planos de dados e estão disponíveis também nos sindicatos rurais de Caiapônia, Cristalina, Iporá, Mineiros, Rio Verde, Anápolis, Goiatuba, Itaberaí, Morrinhos, Porangatu e Nova Crixás. Por meio dos dispositivos é possível acessar todos os canais de atendimento da Enel – aplicativo Enel Goiás, que pode ser baixado gratuitamente para iOS (https://apple.co/2pb8F66) e Android (https://bit.ly/2HioUtv); site www.enel.com.br; redes sociais Facebook (facebook.com/enelclientesbrasil) e Twitter (@enelclientesbr); e WhatsApp Elena, enviando um Olá para o número (21) 99601-9608. O foco, no entanto, é nos canais exclusivos oferecidos para os produtores rurais: o Whatsapp (62) 99829-9908, que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, e é totalmente feito por atendimento humano; e o aplicativo Apporteira, desenvolvido em parceria com a Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg) e disponível gratuitamente para Android e IOS – www.apporteira.com.br. Esses canais são usados exclusivamente para informar falta de energia elétrica.

    O responsável por Mercado da Enel Distribuição Goiás, Nelson Assumpção, explica que cada sindicato teve um funcionário capacitado para manejar o tablet e seus aplicativos. Para registrar falta de energia, por exemplo, basta o produtor rural entrar em contato com o sindicato, que abre a solicitação por meio do tablet. Basta informar o número da Unidade Consumidora que consta no topo da conta de energia. Caso o cliente precise de outro serviço, é necessário criar um login e senha próprios no site ou aplicativo da Enel.

    “A ideia é aproveitar os sindicatos, que são muito visitados pelos produtores rurais, para servirem como uma ferramenta de acesso aos nossos serviços, facilitando o contato e agilizando a solução para os clientes. Com isso queremos estimular o produtor a conhecer e utilizar mais nossos canais digitais, além de desenvolver um relacionamento mais próximo com essa classe produtora tão importante para Goiás”, comenta Nelson Assumpção.

    De acordo com o responsável de Lojas da companhia, Hugo Leandro Ferreira, 50% das notificações de produtores rurais no ano de 2020 foram feitas por meio dos canais digitais. “O goiano está migrando cada vez mais para as plataformas digitais e deixando o método tradicional de buscar uma loja física. Hoje, 87% dos atendimentos feitos pela distribuidora são por meio dos canais digitais”, afirma.

    Melhorias no campo

    No último mês de janeiro, a Enel apresentou à Seapa um plano de melhoria da qualidade do fornecimento na zona rural, grande desafio da companhia para 2021. Na oportunidade foi apresentado um novo sistema de monitoramento que identifica os pontos com quedas de energia mais frequentes, para que sejam priorizados tanto no atendimento emergencial quanto na realização de ações preventivas. Também estão previstas melhorias técnicas em duas frentes: instalação de tecnologia na rede para reduzir as quedas de energia e substituição gradativa de redes degradadas.

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.