• Publicado em

    Estudante de 20 anos é encontrada morta em área rural de Luziânia (GO)

    A família reconheceu o corpo da jovem pelas roupas que usava. Ela estava desaparecida há cinco dias

    A estudante Thaís Alves Pereira, 20 anos, foi encontrada morta em um matagal em Luziânia (GO), Entorno do DF. Um caçador de pássaros viu o corpo e chamou a polícia. O reconhecimento foi feito com base nas roupas que ela usava. A família, que procurava a jovem há cinco dias, foi chamada na delegacia nesta terça-feira (31/1).

    Thaís foi vista pela última vez saindo de casa e entrando em um carro de cor prata. A motivação do crime é investigada pela delegacia da região. A princípio, são consideradas três hipóteses para o homicídio, que não foram divulgadas pela polícia. No entanto, parentes da vítima suspeitam que o crime tenha sido passional.

    “Na virada do ano, o marido e o ex-namorado da Thais brigaram. A confusão sobrou para ela. Os dois a ameaçaram. Desde que ela desapareceu não temos notícias do ex, que mora no Jardim Ingá (GO)”, contou uma tia que não quis se identificar alegando que teme represálias. O marido da jovem, de acordo com a família, estava abalado com a situação. Ambos são investigados.

    Nas redes sociais, Thaís Alves Pereira se apresentava como Tatá Pachêco. A tia esclarece que ela escolheu o sobrenome diferente no Facebook porque o achava bonito. O enterro será realizado às 14h no cemitério de Luziânia. Via Metrópoles 

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.