• Publicado em

    Ex-PM invade delegacia sequestra e mata preso

    Homem estava preso pela morte de uma ruralista. O crime aconteceu em abril último e causou muita revolta em Palmeiras de Goiás.

    O ex-policial militar Iris Santos Lira foi preso sob acusação de sequestrar e matar Sérgio Vieira Ribeiro de Oliveira, 21 anos, que estava preso na Delegacia de Palmeiras, a 82 quilômetros de Goiânia.

    O crime aconteceu na noite de terça-feira. Iris usou um disfarce e, com a ajuda de um comparsa, invadiu a delegacia. S

    egundo a polícia, ele amarrou os três agentes e raptou o detento da cela, levando-o para um local próximo à GO-050, onde a vítima foi executada a tiros.

    Vítima: Sérgio Vieira Ribeiro de Oliveira, 21 anos

    Vítima: Sérgio Vieira Ribeiro de Oliveira, 21 anos

    Sérgio estava preso pela morte da ruralista Eraldina de Freitas, 69 anos, conhecida como Dona Ica.

     Acusado: Iris Santos Lira

    Acusado: Iris Santos Lira

    Ele teria confessado que matou a idosa a facadas e roubou um carro e uma arma que estavam em sua fazenda.

    O crime aconteceu em abril último e causou muita revolta em Palmeiras de Goiás.

    Familiares e amigos de Dona Ica chegaram a cercar a delegacia e ameaçaram o acusado de linchamento.

    Iris Santos confessou que matou o preso Sérgio Vieira por vingança, alegando que acompanhou o sofrimento dos filhos da ruralista.

    Ele e o comparsa foram presos em flagrante pela polícia. O corpo também foi localizado três horas depois do assassinato, nas proximidades da GO-050.

    Adaptações Plantão JTI
    Com informações de O Popular

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.