• Publicado em

    Filho é preso suspeito de matar pai e enterrar corpo de cabeça para baixo

    A vítima estava desaparecida desde o último domingo (11). O caso aconteceu no Acre.

    O corpo encontrado em estado de decomposição nesta sexta-feira (16), nas proximidades da Unidade Prisional do Quinari, em Senador Guiomard, foi identificado sendo de Evan da Silva Santos. O corpo foi encontrado por populares enterrado de cabeça para baixo, apenas com os pés para fora. A vítima estava desaparecida desde o último domingo (11).

    O filho de Evan da Silva, Everton da Silva Santos foi preso sendo o principal suspeito do crime bárbaro. Um amigo dele também foi preso acusado de ser o ajudante.

    As informações repassadas pela polícia são de que os três estavam ingerindo bebidas alcoólicas juntamente com as namoradas de Everton e do amigo. O pai teria pedido para os dois irem comprar drogas e na ausência dos dois jovens, Evan da Silva teria forçado uma das meninas a praticar sexo com ele, porém, teria sido pego em flagrante pelo filho e o amigo.

    O amigo teria dado uma paulada na cabeça da vítima e, em seguida, o filho, pensando que o pai havia feito sexo com a namorada dele também, teria desferido as facadas.

    Após o crime, os jovens abandonaram o corpo em uma área na zona rural do município. Com a descoberta do corpo por populares, a polícia notou inconsistências na versão apresentada em depoimento pelo filho da vítima, que foi a última pessoa a ter contato com a vítima antes do desaparecimento.

    Os policiais então ouviram a namorada do rapaz e acabaram descobrindo o crime. Everton também acabou confessando posteriormente.

    A vítima foi encaminhada para perícia para determinar a causa da morte.

    Fonte/AC 24 horas

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.