• Publicado em

    Graduada em Ed. Física, zeladora posa para fotos de formatura com materiais de limpeza

    A auxiliar de limpeza em Rondônia pagou a faculdade com a renda do trabalho

    Rodo, carrinho de limpeza, vassoura, água sanitária e outros itens de limpeza fazem parte do cotidiano da zeladora Érica Alves dos Reis (30) há cinco anos, desde que foi aprovada em um concurso público para ocupar a vaga no Hospital Municipal Sandoval de Araújo, em Jaru, Rondônia.

    Apesar de satisfeita com as conquistas alcançadas, Érica acredita no poder da educação como mecanismo de mudança de vida, melhores oportunidades e a possibilidade de viabilizar às duas filhas um futuro ainda mais digno.

    Nessa perspectiva, a auxiliar de limpeza, que concluiu a graduação em educação física em agosto do ano passado, já planeja o próximo passo na sua carreira.

    “Desde 2014 estou nessa função e vejo minhas colegas trabalhando na limpeza há 20 anos; algumas delas se aposentam nessa atividade, mas eu não quero ficar nessa área por muito tempo. Não é por orgulho, mas não quero fazer esse trabalho a vida toda”, conta.

    “Como sou concursada, não posso pedir demissão para arriscar a carreira de educação física. Meu objetivo é fazer outro concurso e, dessa forma, deixar esse cargo”, projeta.

    Orgulhosa do trabalho que desenvolve no hospital de Jaru, Érica, curiosamente, fez as fotos da formatura dentro da unidade hospitalar, utilizando os próprios equipamentos que usa diariamente.

    No ensaio profissional, com direito a beca, canutilho e capelo, ela é fotografada com o rodo, o carrinho com os materiais de higiene e baldes, exaltando, através das imagens, a função digna que desempenha e a origem da renda que a manteve na faculdade.

    Autodenominada sonhadora, a zeladora tem pretensões ainda maiores para os próximos anos. “Eu quero fazer Enfermagem ou Medicina, mas ainda não tenho condições de pagar as mensalidades. Para isso, preciso de ajuda com uma bolsa de estudo. Minha intenção é continuar ajudando as pessoas e, de preferência, nesse mesmo hospital”.

    Assim como Érica, milhares de pessoas que não têm condições de pagar a faculdade podem contar com a ajuda do Educa Mais Brasil, o maior programa de fomento à educação do país. Com ele, é possível conseguir descontos de até 70% em muitas instituições ensino, com uma infinidade de cursos disponíveis.

    Fonte: Juliete Neves – Agência Educa Mais Brasil
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.