• Publicado em

    Homem convida amigo para realizar fantasia da esposa e comete crime brutal

    Marido costumava assistir à mulher em relações sexuais

    Um casal foi preso na última segunda-feira suspeito de matar um vigilante a tiros, em Fortaleza. De acordo com a reportagem, José Nilton usou a mulher, Maria Claudemir, para seduzir e matar o colega de trabalho Franciso Edilson.

    O crime ocorreu em 10 de dezembro do ano passado, e as investigações foram concluídas nesta semana. O filho do casal também é suspeito de participação no crime e está foragido.

    Vítima: Franciso Edilson.

    Vítima: Franciso Edilson.

    José Nilton e a vítima trabalhavam juntos como vigilantes da Universidade Federal do Ceará (UFC). Ainda de acordo com a reportagem, José Nilton atraiu Francisco para realizar uma fantasia sexual da esposa. Mas o plano iria além do triângulo amoroso, que chegou a acontecer mais de uma vez.

    Assim que conseguiram a confiança da vítima, o casal marcou um encontro em uma casa em Maracanaú, na Grande Fortaleza, onde ele foi encontrado morto.

    José Nilton costumava assistir à esposa em relações sexuais com o colega de trabalho como forma de fantasia sexual, de acordo com as investigações. Para a Polícia, a mulher tinha perversões sexuais e descarta qualquer possibilidade de crime passional.

    O carro do vigilante assassinado foi vendido em uma feira de automóveis e o dinheiro da venda foi resgatado pelo filho do casal, que passou a ser considerado suspeito pela polícia.

    Assista a Matéria:

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.