• Publicado em

    Homem é condenado por latrocínio de taxista, em Jataí

    A Justiça de Goiás condenou a 29 anos e seis meses de prisão Jefferson Ferreira Vasconcelos por matar e roubar o taxista Iclório Ferreira Franco, de 70 anos.

    O crime aconteceu em 30 de novembro de 2017, em Jataí. De acordo com uma denúncia do Ministério Público de Goiás, Jefferson pediu uma corrida ao taxista até uma fazenda.

    Assim que o entrou no carro, ele teria percebido que a vítima contava o dinheiro das viagens e resolveu roubá-lo. No crime foram usadas uma faca e uma chave de fenda.

    Leia também: Prazo para a inscrição na Olimpíada de Língua Portuguesa termina dia 19 

    O exame cadavérico apontou que o corpo de Iclório apresentava sete lesões profundas, medindo entre quatro e 25 centímetros e outras 11 feridas perfurantes. No depoimento Jefferson, contou que cometeu o assassinato porque era viciado em álcool e drogas e precisava de dinheiro para pagar dividas.

    Uma testemunha que conhecia o taxista percebeu o momento em que o carro parou em uma estrada vicinal. A testemunha contou também que viu quando o criminoso entrou pela porta do motorista e saiu com o carro desgovernado até cair em um buraco e o homem fugir.

    Jefferson não levou dinheiro e deixou no táxi um boné e um papel com dados pessoais que ajudaram nas investigações. A decisão judicial cabe recurso.

    Leia também: Conheça aplicativos gratuitos que ajudam a organizar os estudos 

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.