• Publicado em

    Homem é preso após ser flagrado pelado com criança de 11 anos dentro do carro, em Goiás

    Segundo PM, o suspeitou ofereceu uma carona para a menina quando ela retornava da escola. Ela aceitou e foi levada para um lugar ermo.

    Um homem foi preso por estupro de vulnerável após ser flagrado por policiais de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) com uma criança dentro do carro, na noite desta terça-feira (20), no Parque JK, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a PM, o suspeito estava nu dentro do veículo e com a criança deitada no assoalho.

    Leia também: Latrocínio da galinha da vizinha: Viraliza nas redes sociais

    Segundo a corporação, os policiais patrulhavam pelo setor, quando visualizaram um veículo suspeito parado em um matagal. Ao parar a viatura ao lado do carro, o condutor do veículo Lindomar Pereira Dos Anjos, de 31 anos, relatou que estava naquele lugar pois estaria namorando sua esposa.

    Durante a abordagem, os policiais notaram que o homem estava sem roupas e que uma segunda pessoa estava deitada entre os bancos, no assoalho do carro, com a calça entreaberta. Assim que os policiais se preparavam para descer da viatura, o suspeito empreendeu fuga.

    Durante a perseguição, o homem bateu o carro em um segundo veículo, momento em que a vítima, uma criança de 11 anos, saiu gritando por socorro de dentro do automóvel. Os policiais ampararam a menor e conduziu o suspeito para a Delegacia da Polícia Civil do município.

    Para os policiais, a vítima relatou que retornava da escola a pé, momento em que o homem passou por ela em um Fiat Pálio, de cor prata, e ofereceu uma carona. Ela aceitou, mas ao invés de levá-la para casa, o suspeito foi para as proximidades de um matagal. Ela ainda relatou que o suspeito mora no mesmo bairro e já o viu outras vezes pela região.

    O suspeito, que não tem antecedentes criminais,  foi autuado por estupro de vulnerário e recolhido no presídio de Luziânia, onde está à disposição do judiciário.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.