• Publicado em

    Homem é preso suspeito de fingir assalto e matar a mãe a facadas em Goiás

    Segundo a polícia, filho também foi ao velório da idosa, que tinha 70 anos. Após ser detido, ele confessou que assassinou a mãe por ela ter reclamado que ele chegou de madrugada em casa.

    A Polícia Civil prendeu um homem, de 43 anos, acusado de matar a própria mãe, de 70, enquanto ela dormia, em São Patrício (GO) na madrugada de domingo (11). De acordo com o delegado Ricardo Pereira Alvares, responsável pelo caso, o suspeito mentiu que ela havia sido morta por um assaltante e chegou até a ir ao velório.

    No entanto, uma pessoa informou à polícia que o homem teria cometido o crime. A corporação pediu a prisão preventiva do suspeito, que foi detido na segunda-feira (12) e confessou o crime.

    “Ele teria chegado tarde, por volta de 1h. A mãe chamou a atenção dele, porque só estava chegando tarde. Após essa breve discussão, eles foram dormir, mas veio na cabeça dele a vontade de matar a mãe. Ele pegou a faca e deu dois golpes no peito, com ela dormindo”, disse o delegado ao G1.

    Ainda segundo o investigador, o suspeito vai responder pelo crime de feminicídio, com aumento de pena por falta de possibilidade de defesa da vítima, que estava dormindo, e por motivo fútil. O preso foi submetido a relatório médico e recolhido na Unidade Prisional de Uruana. Caso seja condenado, ele pode cumprir até 12 a 30 anos de prisão.

    Repórter Mari JTI/Via/G1 GO

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.