• Publicado em

    Homem mata esposa após flagrar traição dentro de casa

    Bruna Aparecida Rodrigues Pediani, de 30 anos, foi encontrada morta no dia 1º de fevereiro, em SP.

    Um homem confessou ter matado a ex-mulher, Bruna Aparecida Rodrigues Pediani, de 30 anos, encontrada morta no dia 1º de fevereiro. Aos policiais, Adão de Carvalho Júnior disse que cometeu o crime pois sentiu ciúmes ao ver a companheira com outro rapaz.

    Leia também: Casal é assassinado e têm rostos desfigurados em fazenda em Goiás

    De acordo com o G1, Adão foi preso em flagrante na manhã deste domingo (24) e transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Praia Grande, no litoral paulista. Investigadores acreditam o crime tenha ocorrido no dia 28 de janeiro, data em que Bruna desapareceu.

    O acusado disse aos policiais que ele e a vítima estava consumindo crack no dia do assassinato. Adão saiu de casa para comprar mais drogas e, ao voltar, encontrou Bruna o traindo com outro homem. Ela morreu a facadas, depois de ter sido agredida com um golpe ‘mata-leão’.

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.