• Publicado em

    Idoso de 85 anos e duas filhas são mortos violentamente em Catalão

    A suspeita é que o crime tenha acontecido na madruga de sexta-feira (12) para sábado (13).

    Segundo matéria do Blog do Badiinho, o segundo sábado de 2018, 13 de janeiro, foi marcado pela violência, com o registro de um triplo homicídio em uma propriedade rural da comunidade Custódia, onde um idoso de 85 anos e suas duas filhas, uma mulher de 61 anos e outra de 64 anos de idade, foram mortos com requintes de crueldade, possivelmente por golpes de enxadão, pauladas e estrangulamento.

    No interior da residência, estavam faltando alguns pertences como botijão de gás e alimentos, como por exemplo, algumas carnes. Porém, segundo   o apresentador do Balanço Geral da TV Sucesso Catalão que esteve no local, Fernando Garcia, informou a produção do Blog do Badiinho que a perícia não foi concluída devido a falta de energia no local.

    Geraldo Pires de Moura, 85 anos de idade, Benedita Marques, 66 anos de idade e Maria Marques de Moura, 61 anos de idade. Foto: Reprodução/Redes Sociais

    Os corpos de Geraldo Pires de Moura, 85 anos, e das filhas Maria Marques de Moura, 61 anos e Benedita Marques de Moura, 66 anos, foram encontrados por um vizinho de propriedade, um tratorista que teria ido devolver uma lona, e ao chamar na casa ninguém teria respondido, ao rodear a residência, o tratorista visualizou os corpos. A suspeita é que o crime tenha acontecido na madruga de sexta-feira (12) para sábado (13).

    Leia também: Motociclista de 20 anos atropela e mata idoso em Catalão

    Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal de Catalão (IML). O único órgão que se pronunciou sobre o triplo homicídio foi a Polícia Militar, porém, sem dar muitos detalhes do caso, pois até o fechamento da matéria ainda se encontrava no local do crime.

    Triplo homicídio aconteceu na comunidade da Custódia, zona rural a 40 km de Catalão . Foto: Fernando Garcia/TV Sucesso




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.