• Publicado em

    Imprensa estrangeira destaca beleza e vaias na abertura da Paralimpíada

    Clima da cerimônia realizada na noite de quarta-feira (7) no Maracanã foi elogiada pelos jornais estrangeiros

    As atenções da cerimônia de abertura da Paralimpíada do Rio, realizada na noite de quarta-feira (7), se dividiu entre os atletas e as vaias ao presidente Michel Temer, segundo a imprensa estrangeira. Outro fato que ganhou destaque nos jornais interacionais foi o protesto pró-Rússia de esportistas de Belarus.

    O New York Times classificou como “deslumbrantes” alguns dos momentos da cerimônia, em especial a formação da bandeira brasileira com diversas parassóis. “O interesse e entusiasmo dos cariocas marcou o clima de celebração da abertura e quase ofuscou os problemas financeiros, os escândalos de doping e as baixas vendas de bilhetes que ameaçaram o evento”, escreveu o jornal.

    Já a BBC e a CNN destacaram as vaias ao presidente Michel Temer. A emissora britânica disse que Temer foi vaiado “ao fundo de de cor e música”. Já a rede norte-americana diz que a menção a Temer presidente do Comitê Organizador, Carlos Arthur Nuzman, foi seguida por “gritos altos e muitas vaias do público do Maracanã”, o que o forçou a “interromper o discurso por vários minutos”.

    Os jornais britânicos The Guardian e Telegraph deram destaque ao protesto pró-Rússia protagonizado por atletas de Belarus, que entraram no estádio com a bandeira do país vizinho. Os russos foram banidos dos Jogos após serem flagrados em exames de doping.

    O espetáculo teve a direção criativa assinada por Marcelo Rubens Paiva, pelo artista plástico Vik Muniz e pelo designer Fred Gelli.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.