• Publicado em

    Jataiense é assassinado covardemente em Paraúna-Go

    Mistério; o assassino aparentemente não tinha nenhum motivo para matar a vítima,

    1476134_186677948192348_1464971463_n

    Segundo informações repassada a nossa equipe de reportagem pelo  Comandante do 3º CDPM, Subtenente Paulo Gomes, o Jataiense  Gilton Moreira Silva, 37 anos, passou o dia bebendo com amigos em uma residência na R: 02, Q:13, L: 1, no setor Ponte Pedra em Paraúna-GO.

    No Local também estava o Wismar Dias Borges, 41 anos, a festa corria normalmente, mas quando foi por volta das 22 horas, Wismar sem nenhum motivo aparente, se apossou de um revólver e matou o Gilton com um tiro na nuca.

    O autor fugiu do local, mas os policiais militares SGT Aguinaldo, SGT Martins e CB Marim conseguiram localizar o assassino já na madrugada desta quinta-feira, por voltas das 3 horas e efetuaram a prisão em flagrante do mesmo.

    Segundo o Comandante da PM de Paraúna tenente Paulo Gomes, o autor não deu explicação de qual teria sido o motivo para ele executar o Gilton tão covardemente.

    A Vítima era muito conhecida em Jataí, trabalhou por muito tempo na empresa Mecol, familiares e amigos do Gilton estão indignados com a forma covarde que ele foi assassinado. A policia segue investigando o caso.

    10592646_838385056211569_2385259910049204050_n

    Gilton após ser baleado covardemente ficou caído próximo ao sofá já sem vida.

    10548096_838385619544846_8722652551872571021_o

    Os policiais de Paraúna agiram com eficiência e conseguiram prender o assassino.

    10530698_838385582878183_2492213504845497082_n

    Wismar Dias Borges, 41 anos agora esta preso a disposição do judiciário.

    Plantão JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.