• Publicado em

    Jovem confessa que matou os pais adotivos em troca de R$ 800

    Ele assassinou a mãe de criação a facadas e o pai com golpes de uma barra de ferro no Distrito Federal

    Principal suspeito de matar os próprios pais adotivos a facadas, jovem de 18 anos assumiu a autoria do crime nesta quinta-feira (2), na 27ª Delegacia de Polícia Civil, no Recanto das Emas (DF). Ele alegou que a intenção dele era roubar R$ 800 que o casal conseguiu com a venda de cachorros-quentes no Plano Piloto, área central de Brasília.

    Em depoimento, Rosemberg de Jesus Silva disse que, no último dia 27 de maio, ele acordou disposto a pegar o dinheiro. Ele teria se escondido na cozinha de casa onde morava com os tios no Recanto das Emas. Quando apareceu Maria da Conceição, de 66 anos, foi esfaqueada pelo filho adotivo.

    Antes de morrer, ela gritou por ajuda do marido. Assustado, Eduardo Viana, de 51 anos, foi até a cozinha ver o que aconteceu e foi golpeado na cabeça por uma barra de ferro, não resistiu aos ferimentos e também morreu no local.

    A polícia informou que o jovem contou muito tempo depois para a família o que tinha feito e, em seguida, foi à delegacia confessar os crimes. A prisão só foi feita dias depois, quando a Justiça expediu o mandado contra Rosemberg, que depois dos assassinatos passou a morar na Cidade Ocidental (GO), no Entorno do DF. Mesmo nas entrevistas, ele admite a autoria do crime.

    — Foi na hora que eu vi a faca, eu fui no impulso. Foi no impulso o que eu fiz.

    Rosemberg não tinha passagens pela polícia e foi considerado pelos familiares como uma pessoa tranquila. De acordo com o delegado Pablo Aguiar, da 27ª DP, ele era casado e pai de um bebê de três meses. Para ele, o perfil do jovem não condiz com um assassino que mata para roubar, e sim de uma pessoa descontrolada.

    — Acreditamos que ele tenha uma psicopatia para ter praticado dessa forma um crime tão bárbaro que chocou toda a comunidade do Recanto das Emas.

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte R7
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.