• Publicado em

    Jovem que ficou famoso após vídeo de sexo é assassinado

    Família descarta que morte de Will tenha relação com vídeo

    A Polícia Civil confirmou o assassinato de Willtnei Almeida Santana, 22 anos, o Will, no final da tarde desta terça-feira, 18, na Rua 1º de janeiro, no Uruguai, na capital baiana. Segundo a assessoria de imprensa, Will foi baleado próximo à casa onde morava. Ele foi levado por um primo à UPA de Roma, mas já  chegou morto.

    Por volta das 22h, equipes do Departamento de Homicídios (DHPP) tentavam levantar informações sobre autoria e motivação, mas nenhum morador afirmou ter visto o crime, segundo a polícia. Familiares e o primo que o socorreu também não haviam sido localizados.

    De acordo com populares, Willtnei estava em casa quando recebeu uma ligação. Ele saiu para pegar o carro e encontrou um grupo de amigos. Enquanto conversava, ele ouviu chamarem seu nome. Ao olhar, foi surpreendido por homens encapuzados – a quantidade é incerta.

    Conforme os relatos, Will levou onze tiros, todos no rosto. Os moradores dizem que Will era um rapaz tranquilo e não sabem de nenhum envolvimento dele com o tráfico. Uma das frases mais conhecidas dele era: “Tamo junto até depois do fim!”.

    Willtnei Almeida Santana, 22 anos, foi morto com 11 tiros - Foto: Reprodução

    Vídeo gerou polêmica

    Após a repercussão do vídeo íntimo, a banda de pagode Black Style fez a música “Machuca, Will”, inspirada no episódio. Na época, em 2014, circulava na rede social WhatsApp um vídeo no qual Will aparece fazendo sexo com uma garota. Willtnei Santana ganhou fama e, semanas depois, passou a fazer participações como dançarino na banda Groov Bamba, emprego que não durou muito.

    Na gravação do vídeo íntimo, a parceira de Willtnei se empolga com o ato sexual e pede para Will “machucar”. A repercussão nas redes sociais foi tão grande que diversas brincadeiras foram criadas com os dizeres “ai, Will, machuca, machuca”.

    “O vídeo foi gravado há uns três meses. Perdi meu celular e a pessoa que achou saiu mandando o vídeo para meus contatos do WhatsApp. A gravação foi feita com o consentimento dela”, garantiu Will, em entrevista à reportagem de A TARDE, em agosto de 2014.

    Assista ao clipe da banda de pagode Black Style fez a música “Machuca, Will”:

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte/Atarde
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.