• Publicado em

    Latrocínio: Dupla que chocou Caiapônia com bárbaro crime é presa em MT, assista

    Ladrão matou homem após ser atingido por uma cadeira.

    Dois autores de um latrocínio ocorrido na cidade de Caiapônia,  foram presos nesta quinta-feira (23) em ação da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças (509 km a Leste). A equipe coordenada pelo delegado adjunto Nelder Martins Pereira, juntamente com policiais civis e militares do município de Caiapônia-GO, deram cumprimento à mandados de prisão, e prederam Caio Conceição do Nascimento, 23, e Vinícius de Jesus Moreira Lima, 21.

    Com extensa ficha criminal, os suspeitos são responsáveis pelo latrocínio ocorrido no município goiano, na noite da última quinta-feira, dia (16), quando os dois indivíduos um com o rosto tampado e o outro de “cara limpa” adentraram numa residência enquanto a família jantava. Os meliantes restringiram a liberdade de toda família e chegaram a apontar um revólver na direção de um bebê.

    Na hora fuga, uma das vítimas, indignado com a ação criminosa, partiu para cima dos “assaltantes” e jogou uma cadeira, ocasião que foi alvejado e, mais tarde, veio a óbito. Outra vítima, um senhor de idade, também foi alvejado na perna.

    Depois do grave crime cometido em Caiapônia, a equipe DERF de Barra do Garças descobriu que os autores residiam na cidade matrogrossense e, após troca compartilhada de informações com as equipes da PM e polícia civil de Goiás, investigaram o caso, culminando na operação realizada nesta tarde. A ação dos bandidos foi filmada por câmeras de vigilância da casa e as imagens fora divulgadas nas internet e viralizou nas redes sociais.

    Repórter Mari JTI

    Assista ao Momento do crime;

    Assista ao Jornal Das 11;

    Fonte/Folha Max

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.