• Publicado em

    Luto na música: casal de cantores tira a própria vida e deixa mensagem assustadora

    A depressão pode ter consequências graves na vida de uma pessoa.  Foi exatamente o que aconteceu com um casal de cantores que tirou a própria vida nos Estados Unidos. Eles deixaram uma mensagem assustadora e a polícia acredita que tudo foi um ato planejado. As Informações são do Portal  News.

    De acordo as mídia norte-americana, no dia 17 de janeiro, um casal foi encontrado morto em um quarto de hotel em Nova York, nos Estados Unidos.

    Leia também: Delegada vai até a Globo, retira Vanderson da casa e ele está eliminado do BBB; assista! 

    As vítimas foram identificadas como David Koenig, de 33 anos, e Ellen O’Meara, de 30, ambos músicos.

    Tudo indica que eles tiraram a própria vida, mas antes deixaram uma nota explicando algumas coisas. Quem encontrou foi a copeira que foi ao quarto para realizar o serviço de limpeza.

    Aparentemente, o casal tinha a intenção de não causar pânico. Eles penduraram na frente da porta uma folha que impedia quem olhasse de fora de enxergar os corpos.
    Além disso, foi encontrado um recado com uma nota de 20 dólares. O bilhete dizia: “Não olhe para trás da cortina. Estamos mortos Isto é para você“.

    Apesar do aviso, uma empregada ignorou a mensagem e tirou a cortina improvisada. Atrás dela estava o casal deitado de costas na cama, com as cabeças dentro de um saco plástico transparente conectados com dois tubos de plástico que estavam ligados a um par de cilindros vermelhos.

    De acordo com a polícia, havia óxido nitroso nos cilindros e debaixo da cama havia um livro  que falava sobre tentativas de suicídio e consequências.
    As autoridades descreveram o incidente como um algo planejado.
    Um fonte ligada ao casal disse que eles queriam morrer juntos. “É quase como se desde o primeiro dia em que essas duas pessoas se conheceram, cerca de um ano atrás, eles sabiam que iam morrer juntos“.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.