• Publicado em

    Mãe alega que matou o filho enforcado em Goiás porque ele não quis limpar a casa de madrugada

    Corpo da criança, de 6 anos, foi encontrado no quintal da casa onde moravam, em Santa Helena de Goiás. Mulher, 29, já teve ocorrência relacionada à morte de outro filho, no ano passado: 'Extremamente fria'.

    De acordo matéria do G1 GO, a Polícia Civil informou que a mulher de 29 anos presa suspeita de matar o filho, de 6, enforcado, ligou para a corporação logo em seguida para relatar o crime.

    Leia também: Estudantes podem ter oportunidade de estagiar na Diageo e Grupo Heineken; veja como se candidatar

    De acordo com o delegado Dannilo Proto, ela alegou ter cometido o homicídio porque a criança não quis acordar de madrugada para limpar a casa. A vítima foi encontrada no quintal de casa, em Santa Helena de Goiás, região sudoeste do estado.

    “Ela acordou o filho às 4h30 da manhã para limpar a casa e ele não quis. Ela então deu duas cintadas nele, que correu para o quintal. Em seguida, ela o executou”, disse o delegado ao G1.

    A mulher foi detida na manhã de quinta-feira (14) e, conforme a polícia, disse que agiu em um ‘estado de fúria’. O menino apresentava marcas de agressão e esganadura. Proto disse que ela confessou o crime sem demonstrar qualquer arrependimento.

    “Ela confessou a execução do próprio filho durante a madrugada e na parte da manhã ligou pra nós avisando. Ela é uma pessoa extremamente fria, pelo interrogatório dela, confessou toda prática criminosa”, disse.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.