• Publicado em

    Mãe é suspeita de jogar bebê morto em terreno em SP

    Corpo foi abandonado há 40 dias e só foi encontrado após pedreiro sentir um forte cheiro

    4tph6b6dt_7ivbpukt0q_fileA polícia investiga uma jovem, moradora da zona norte de São Paulo, suspeita de jogar em um terreno baldio um bebê. Há 40 dias, Bárbara Blois foi flagrada por câmeras do prédio em que vive dias atirando uma caixa em um terreno baldio. Na ocasião, ela disse que se tratava de carne estragada, porque a geladeira havia quebrado.

    Porém, recentemente, um pedreiro contratado pelo prédio quebrou a parede para uma obra e sentiu um forte cheiro vindo do terreno baldio.

    Quando ele e outras pessoas decidiram verificar a caixa, levaram um susto. Encontraram um corpo de bebê lá dentro.

    O corpo estava enrolado em diversas sacolas e toalhas, uma delas com o nome de Bárbara.

    A polícia foi chamada e assim que a jovem chegou ao condomínio, no bairro Santa Terezinha, foi levada ao 13º Distrito Policial (Casa Verde).

    Os investigadores querem saber em quais circunstâncias a jovem abandonou o corpo. Não há certeza se o bebê nasceu vivo. Após seis meses, qualquer bebê, mesmo que nasça morto, precisa ser registrado em cartório.

    A mãe e os vizinhos da jovem alegam que não sabiam que ela estava grávida. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

    5vn4clc6p4_6cnhq7fzej_file

     

     

    Inadaptação Plantão JTI
     Via R7

    LISTA TELEFONIA A NOVA NOVIDADE DO SITE

    CONHEÇA A LISTA TELEFÔNICA DO NOSSO SITE CLIQUE AQUI

    CONHEÇA A LISTA TELEFÔNICA DO NOSSO SITE CLIQUE AQUI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.