• Publicado em

    Maju, do Jornal Nacional, é chamada de “preta imunda” no Facebook

    O print do post do Jornal Nacional onde aconteceram as ofensas à apresentadora (Foto: Reprodução/Facebook)

    Maria Júlia Coutinho, a Maju, garota do tempo do Jornal Nacional, voltou a sofrer ataques racistas na página do JN no Facebook. A equipe do programa colocou na rede social uma foto de Maju e, em seguida, começaram as ofensas.

    Seguidores colocaram mensagens do tipo “tá na hora do JN parar de postar foto toda preta”, “nossa, que escuridão é essa”, “só conseguiu emprego no JN por causa das cotas, preta imunda” e outras coisas do tipo.

    Realmente é até difícil expressar o que se sente quando surge este tipo de coisa pela frente. Os administradores da página do JN já trataram de remover as ofensas racistas, mas há prints rolando por aí feitas por gente que pretende denunciar os usuários que escreveram as tais mensagens. E é isso mesmo o que tem de ser feito. Denunciar. Ninguém nem precisa perder tempo discutindo com esse tipo de gente. E o Facebook tem de tomar as medidas, banir estas pessoas, enfim, tomar alguma atitude.

    Segue aqui todo o apoio para Maria Júlia.

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte/Odair Braz Jr.
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.