• Publicado em

    Matou a mulher enterrou o corpo e enganou a família por quatro anos com falso desaparecimento

    A Polícia Civil de Jataí e Caçu desvendou o mistério por trás do desaparecimento de uma mulher de 49 anos de idade.

    Segundo informações do Delegado Elexandre Cesar, na tarde desta segunda-feira (15), a Polícia Civil de Caçu, com apoio dos policiais do GIH de Jatai, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Marciel Souza Rezende, 49 anos de idade, o qual confessou a autoria do homicídio da esposa Eliane Aparecida Pereira, que se encontrava desaparecida desde 27/06/2011.

    Vítima: Eliane Aparecida Pereira

    Vítima: Eliane Aparecida Pereira

    O corpo de Eliane foi localizado enterrado na fazenda de Marciel, na zona rural de Aparecida do Rio Doce.

    Desde o desaparecimento, Marciel alegava que Eliane havia abandonado a família, porque não gostava mais dele, e fugido para o Estado de Minas Gerais.

    Autor: Marciel Souza Rezende

    Autor: Marciel Souza Rezende

    Eliane deixou um casal de filhos, que morava com Marciel na cidade de Aparecida do Rio Doce.

    Os restos mortais da vítima estavam enterrados dentro de sacos, para simular o desaparecimento o suspeito enterrou também roupa e objetos pessoais da vítima.

    596_1074640679252671_5908089159373772939_nO caso que há quatro anos era investigado como desaparecimento teve um final surpreendente.

    Os familiares nunca suspeitaram do esposo da vítima, que dizia que ela havia  fugido o deixando para trás  com os filhos do casal, ele alegou a Polícia que a matou por ciúmes.

    Marciel vai responder por homicídio e ocultação de cadáver, ele foi encaminhado à cadeia de Caçu – GO, onde esta a disposição da justiça.

    Assista a matéria;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.