• Publicado em

    Menina de 14 anos é achada morta com marcas de facadas

    Segundo a Polícia Civil, garota teria saído de casa para fazer as unhas na sexta-feira em Maracajá (SC) e foi encontrada morta em Passos de Torres no sábado.

    Uma menina de 14 anos foi encontrada morta em uma plantação de eucaliptos de Passos de Torres, no Sul catarinense, na manhã de sábado (15). Segundo a Polícia Civil, o corpo tinha marcas de perfurações de faca.

    Ainda segundo a Polícia Civil, a vítima é Brenda Rocha Carvalho. Conforme investigação, a estudante saiu de casa na sexta-feira para fazer as unhas e a suspeita é que ela tenha desaparecido por volta das 17h de sábado, próximo ao ginásio municipal de Maracajá, cidade onde morava.

    “Ela recebeu uma ligação da avó, para voltar para casa e cuidar do irmão, e teria desaparecido. Nós fomos até a residência onde ela teria feito as unhas, conversamos com a mulher que teria feito, confirmou os fatos, e nós percebemos que o ginásio municipal teria câmeras que flagravam a residência. Com isso, nós poderíamos entender toda a ação”, disse o delegado Lucas da Rosa.

    Ainda no sábado, a Polícia Civil informou que as imagens de câmeras de segurança do Centro Esportivo Municipal Antônio da Rocha não foram cedidas e apelou à prefeitura para intervir no caso. Neste domingo, a prestadora de serviços de vídeo monitoramento foi acionada.

    Leia também: Dia Mundial da Agronomia: conheça as possibilidades de uma agricultura sustentável

    “No entanto, a empresa disse que a imagem sumiu. Apagou a imagem. Tem todas as imagens de todos os dias, menos do dia e do horário que a menina passou por lá. Agora a própria empresa diz que vai tentar recuperar”, completa o delegado.

    A Polícia Civil foi acionada por volta das 8h de sábado pelo aparecimento do corpo. Além dos cortes, a vítima estava com diversos machucados e foi reconhecida ainda no sábado.

    Ainda de acordo com o delegado Lucas da Rosa, foram mobilizadas equipes de investigação de unidades policiais da região para buscar identificar a autoria do crime. Ainda não é possível precisar se a vítima foi raptada ou ingressou em algum veículo espontaneamente.

    A prefeitura de Maracajá informou em nota que Brenda era aluna do 7º Ano da Escola de Educação Básica Municipal Nivaldo Rocha e que “todos os esforços para conforto social e psicológico da família estão sendo encaminhados pelos respectivos departamentos municipais”.

    A menina foi enterrada na manhã deste domingo (11) em Torres, no Rio Grande do Sul.Com informações G1

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.