• Publicado em

    Menores de idade são oferecidas a pedófilos como prêmio de sorteios e jogos de bingo em município brasileiro

    Polícia está investigando caso chocante em Encruzilhada, Bahia.

    Uma investigação da polícia está acontecendo em um município brasileiro onde meninas menores de idade foram oferecidas a pedófilos como prêmio de sorteios e jogos de bingo.

    Em uma competição doentia em Encruzilhada, na Bahia, vencedores de rifas ganhavam como prêmio uma menor de idade para abusarem.

    Centenas de homens supostamente compraram os bilhetes por cerca de R$ 30 cada.

    Houve, também, sorteios em que meninas virgens foram oferecidas como prêmios de bingo semanais a preços “significativamente” mais elevados.

    De acordo com a instituição de caridade britânica “Meninadanca”, que trabalha com vítimas de exploração sexual na região, os jogos aconteciam à luz do dia com o conhecimento da maioria das pessoas, até mesmo da polícia.

     

    2

    A “competição” é tão conhecida que atraía pedófilos de outras cidades.

    O advogado local, Michael Farias, que investigou os sorteios, relatou que as meninas exploradas tinham idade entre 11 e 17 anos. Ele também afirmou que o sorteio era um grande evento aguardado com muita expectativa por aqueles homens, e a gangue organizadora faturou muito com a prática.

    3

    O Brasil tem a segunda maior taxa de prostituição infantil no mundo, e estudos estimam que até meio milhão de crianças estejam envolvidas no comércio sexual.

    Arilando Botelho, chefe da Polícia Civil da cidade, confirmou que uma investigação sobre os sorteios havia acontecido e estava sendo estudada pelo escritório da promotoria público local.

    Encruzilhada, northeastern Brazil

    6

    5

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte: DailyMail
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.