• Publicado em

    Mulher é encontrada degolada em suposto ritual macabro

    No local, polícia achou bolsa da mulher com iidentidade, dinheiro, penca de chaves e celular

    A morte de Zélia Cristina Santos, de 42 anos, ainda é um mistério para a polícia. O corpo dela foi encontrado com o pescoço degolado na tarde desta quinta-feira, 3, em um matagal, na avenida Juracy Magalhães Júnior, em frente ao Hospital Aliança, em Salvador.

    A polícia investiga se ela foi assassinada durante ritual macabro, pois o corpo foi encontrado de joelhos diante a algumas oferendas e ao lado de um crânio de algum animal. Contudo, foi possível verificar que as oferendas tinham aspectos velhos, como se tivessem sido colocadas há dias.

    Conforme a delegada Marilene Lima, do Departamento de Homicídios (DHPP), apesar do indicativo de ritual, é prematuro afirmar a circunstância da morte de Zélia.

    Adaptações Plantão JTI
    Fonte/Uol
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.