• Publicado em

    Mulher é suspeita de torturar e matar o ex marido com a ajuda do amante

    Elisângela Almeida de Miranda (foto de destaque) atraiu o ex para a residência, dando-lhe expectativas de reatar a relação, mas se tratava de uma emboscada.

    De acordo matéria do Jornal de Brasilia, uma mulher de 41 anos foi presa, na sexta-feira (23), suspeita de matar o marido, de 63, com a ajuda do amante, em Taguatinga. O crime ocorreu na noite do último dia 18. Segundo a 17ª Delegacia de Polícia, a mulher estava separada do homem por conta de uma relação extraconjugal.

    Conforme o apurado, após a separação, a mulher permaneceu no imóvel da família, em uma ação premeditada junto com o amante. Ela atraiu o idoso para a residência, dando-lhe expectativas de reatar a relação, mas se tratava de uma emboscada.

    No imóvel, os dois dominaram o idoso, o colocaram no carro dele e passaram a rodar por todo o DF. O veículo era conduzido pela mulher, enquanto o amante torturava a vítima no banco traseiro.

    Após horas de tortura, possivelmente com o intuito de buscar senhas bancárias, os autores mataram o idoso com a própria arma dele e jogaram o corpo no cerrado, às margens da DF-001. Em seguida, o casal voltou para a casa. O delegado Joás Rosa de Souza, responsável pelas investigações, vai passar detalhes sobre o caso ainda nesta manhã, durante coletiva de imprensa.

    Mulher disse que tiro que matou aposentado foi dado por José Willamy de Melo Raiol

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.